Translate this Page








Total de visitas: 9861
TREINAMENTO & DESENVOLVIMENTO

As empresas estão cada vez mais se conscientizando que seu grande tesouro são as pessoas que nelas trabalham e não o lucro exorbitante. Quem dirige os negócios, cria os produtos e oferece os serviços à sociedade de consumo são os indivíduos que precisam de conhecimento, técnicas para desenvolver atitudes e comportamentos adequados à nova realidade.

O saber torna o indivíduo, o referencial de competitividade junto ao mercado de trabalho, contribuindo para as empresas se destacarem no cenário empresarial. As organizações devem investir em treinamento e desenvolvimento dando a seus empregados a oportunidade de se reciclar, atualizar, mudar conceitos, ter novas visões, se entusiasmar, sentirem-se valorizados; porque nesse processo ganham ambos, empresa e indivíduo.

Um ser humano treinado é capaz de manejar máquinas, ferramentas, desenvolver e modificar seu comportamento, elevando sua visão diante dos novos desafios. O desenvolvimento tecnológico está exigindo das pessoas, a busca do conhecimento de novas ferramentas tecnológicas, inclusive  aprender a usar a internet, onde as informações circulam dentro da empresa, todos os dias, vindas de todas as partes do mundo.

 

O CONCEITO DO TREINAMENTO

 

O treinamento pode também ser definido como: instruções, conhecimentos e atitudes repassadas às pessoas para exercerem determinada função ou cargo dentro de uma empresa, desde que os objetivos tenham sido previamente definidos, além de ser uma ferramenta do subsistema de Treinamento e Desenvolvimento da Administração de Recursos Humanos.

 

     ✓ Treinamento e Desenvolvimento de Pessoal.

     ✓ Desenvolvimento Organizacional. 

 

O treinamento proporciona mecanismos de instrução nos novos empregados às aptidões necessárias para desempenhar seus cargos, com a finalidade de ajudar o empregado a adquirir eficiência no seu trabalho presente e futuro, através de adequados costumes de pensamento e ação, habilidade, conhecimento e atitudes.

  

ETAPAS DO PROCESSO DE TREINAMENTO

 

Primeira Etapa: Identificação das necessidades de treinamento.

 

  • Quem deve ser treinado?
  • O que deve ser aprendido?

 

Devemos considerar três níveis de análise dentro dessa etapa:

 

Análise Organizacional ou Sistema Organizacional.

O sistema envolvido é o da organização, nesse momento é fundamental observar onde deve ser dado ênfase o treinamento. Estuda os objetivos, missão, recursos/distribuição, ambiente socioeconômico e tecnológico no qual a organização esteja inserida e verifica o clima organizacional e a filosofia de treinamento da empresa.

 

Análise dos Recursos Humanos.

Envolve o sistema de treinamento. A análise das pessoas ou força de trabalho é analisada com relação à quantidade (mão-de-obra necessária) e qualidade do trabalho desenvolvido tanto para as tarefas atuais quanto futuras. O que é esperado das pessoas é que elas tenham aptidões, conhecimentos e atitudes para desenvolver suas tarefas dentro da organização.

 

Análise das Operações e tarefas ou análise ocupacional.

O sistema envolvido é o de aquisições e habilidades. A análise é feita em nível do cargo considerando habilidades, capacidades, atitudes, comportamentos e características pessoais exigidos pelo cargo.

 

Segunda Etapa: Programação de Treinamento.

 

O planejamento do treinamento é decorrência do diagnóstico das necessidades de treinamento. Na etapa de programação de treinamento, devem-se em consideração os seguintes aspectos:

    

Esse planejamento estabelece à ligação entre as políticas, diretriz e ações formais/ informais que regem as relações da organização, enquanto indicadores da cultura empresarial e seus agentes multiplicadores e os indivíduos que compõem essa sociedade.

 

 Terceira Etapa: Execução do Treinamento.

 

A terceira etapa é a aplicação de tudo que foi planejado e programado. Devem-se verificar, nesta etapa a qualidade da execução dos módulos e a busca da eficiência dos resultados.

 

Na qualidade da execução dos módulos, é preciso considerar a didática dos instrutores, preparo técnico, lógica do módulo,qualidade dos recursos .A conjugação dos elementos, instrutor x aprendiz e instrução x aprendizagem fazem parte do processo de execução do treinamento.

 

Instrutor é o detentor da informação, experiência e conhecimento, podendo estar situado em qualquer nível da organização ou ser uma pessoa externa a ela.Aprendiz é a pessoa que irá receber o conhecimento, aprender novas tarefas e melhorar seu potencial dentro de suas atividades.

 

 Quarta Etapa: Avaliação do Treinamento.

 

A avaliação do treinamento irá medir os resultados com o planejamento proposto em relação à organização e aos recursos humanos oferecidos no treinamento. A avaliação e a validação do treinamento são ferramentas estratégicas que permitem o aperfeiçoamento do processo de treinamento.

 

Funcionários bem treinados é o maior investimento para o patrimônio de uma empresa.O aprendizado adquirido pelo indivíduo cria idéias, pessoas motivadas, o ambiente de trabalho torna-se agradável, informações são repassadas, as tarefas são desenvolvidas com mais eficiência e conhecimento.

 

Um programa de treinamento bem sucedido pode proporcionar: 

 

Internamente.

✓Melhoria dos serviços.

✓Eficiência nos resultados.

✓Criatividade e Inovação nos produtos e serviços.

✓Qualidade de vida pessoal e no trabalho.

✓ Melhor atendimento ao cliente.

 

Externamente.

✓Maior competitividade organizacional.

✓Assédio de outras organizações aos funcionários da empresa.

✓Melhoria da imagem da organização.